Em um espaço urbano simulado, esta solução Big Data hospedado na nuvem, que concentra serviços de gestão e atenção do público, ele foi visto no stand que teve a companhia no SCEWC 2016, que recriou um espaço urbano, cuja Conselho gere todos os serviços municipais com o seu soluções Internet das coisas do centro de controlo da empresa plataforma de Smart City.

Telefone Chegou à edição 2016 da Smart City Expo World Congress (SCEWC) De Barcelona, ​​que hoje fecha as suas portas, sua plataforma Smart City, a partir do qual qualquer governo local pode gerenciar centralmente todos os serviços oferecidos aos cidadãos através da Internet das Coisas (Internet das coisas) e que convertem o espaço municipal -in eficiente, responsável e sustentável.

É uma solução de Big Data hospedado na nuvem, que concentra serviços de gestão e atenção do público. E assim os participantes podem vê-lo em operação, a empresa recriou uma cidade em seu estande.

A plataforma Smart City, com base em padrões europeus de Internet do futuro (projeto Fi-ware), incorpora um painel de controle que oferece uma vista da cidade e área geral, por isso recebe, analisa e faixas em dados em tempo real gerados por soluções construídas a partir de um ecossistema aberto de diferentes parceiros, muitos deles startups iniciativa patrocinada pelo futuro aberto Telefonica.

Estos datos generados por ‘la ciudad’ en distintos formatos y fuentes se abren para que emprendedores y desarrolladores puedan usarlos para una gran variedad de fines, convirtiéndose en un gran laboratorio de fomento del emprendimiento. El uso de estándares abiertos permite incorporar estas iniciativas como nuevos servicios a los ciudadanos.

La plataforma integra el portal de datos abierto Open Data, que pone a disposición de la sociedad los datos que gestiona la administración local. Cualquier ciudadano o empresa puede analizar, reutilizar y redistribuir estos datos, generando nuevos servicios y permitiendo que la administración pública sea más transparente (gobierno abierto) y fomente la generación de riqueza a través del uso inteligente de los recursos (gobierno inteligente). En el stand de Telefónica, el visitante ha podido conocer de cerca el funcionamiento de un portal de Open Data real como es el de Valencia.

Cidade inteligente

Telefónica oferece duas visões diferentes de uma cidade inteligente: o conselho da cidade, responsáveis ​​pelo bom funcionamento dos serviços municipais e os cidadãos, como beneficiários e sujeito ativo, como este modelo organizacional é também um contribuinte do consistório fornecendo as suas próprias iniciativas e sugestões de melhoria.

O stand da Telefónica demonstrou o funcionamento de caixa de controle executivo, a partir do qual são implementados e geridos soluções relacionadas com a eficiência energética e sustentabilidade, mobilidade, turismo e participação cidadã.

Para conseguir que una administración local sea eficiente es imprescindible implantar la telemetría y la telegestión en muchos de los servicios. De esta forma, se puede llegar a reducir por ejemplo los costes del alumbrado público hasta en un 25%, con soluciones smart lighting u obtener ahorros similares en el consumo de agua con aplicaciones smart metering. También la gestión inteligente de alcantarillas y residuos urbanos (Waste management) reduce algunas partidas presupuestarias de los ayuntamientos.

Além disso, para aproveitar ao máximo estas soluções de telegestão, a Telefónica está explorando diferentes tipos de tecnologias de conectividade e complementares para a célula, como no caso da banda estreita Internet das coisas, com foco na adaptação de aparelhos às necessidades do mercado clientes Internet das coisas. Esta conectividade permite alta durabilidade das baterias, o custo adequado ao caso de uso real, alta cobertura e penetração indoor.

Neste sentido, a Telefónica apresentou no estande vários serviços que podem melhorar o seu desempenho, graças a esta tecnologia, tais como esgotos e, especialmente, Smart Metering água, que já lançou pilotos comerciais oferecendo medição remota em medidores residenciais água.

En un entorno en el que el ciudadano busca una relación digital y ágil con la Administración, la plataforma Smart City actúa como termómetro de la efectividad de las medidas de gobierno y facilita la comunicación multicanal (web, RRSS, móvil, cartelería digital) con la ciudadanía, estableciendo como base la administración electrónica y la participación ciudadana. Por ello, incorpora distintas soluciones de colaboración (Citizen Engagement), que permiten la comunicación bidireccional entre la corporación y el ciudadano.

A plataforma também promove a conservação dos valores naturais do meio ambiente, com soluções que medem a qualidade do ar, níveis de ruído ou o estado das praias e valores culturais, com soluções como o Smart Heritage, que é utilizada para preservar das muralhas de Ávila, entre outros monumentos históricos.


Ser sociável, compartilhar!

Você gostou deste artigo?

Subscreva a nossa Feed RSS e não se perde nada.

Outros artigos sobre ,
Por • 17 Nov, 2016
• Seção: Controle, Sinalização digital, Distribuição de sinais, Eventos, Infra-estrutura, Redes

jogo dos tronos slot revisão http://gameofthronesslotgame.com/